Oie!!!!! Que bom que você está aqui!!!!


sábado, 29 de dezembro de 2012

'PÕE A SUA VIDA NAS MÃOS DO SENHOR, CONFIA NELE E ELE O AJUDARÁ.' SALMOS 37.5


quinta-feira, 20 de dezembro de 2012


  Então é Natal!!!

Todos sabemos que em breve cumpriremos mais uma emocionante celebração do Nascimento de Jesus Cristo. Também sabemos que o consumismo se expandiu tão largamente que fez perder o glamour, a essência, ou no mínimo mascarou o Natal: tempos modernos.
O Natal é tão profundo que deveriamos silenciar, nos acolher em oração.
Seria mais cordato:  em vez de distribuirmos fortunas, simplesmente distribuir sorrisos, dar as mãos e repartir o pão.
Nossa certeza da manjedoura deve evidenciar nossa conexão com Cristo. É imperioso e não tardio que nos voltemos ao nascimento. Ao nascimento do Salvador. Ao nascimento do Senhor da paz,do amor e  da Fidelidade.
Que esse Natal não seja simplesmente mais um, mas sim o recomeço do nosso andar pelo caminho estreito, da entrega, do "OK" para as coisas de Deus. Ao caminho da Glória, da eterna conexão, onde os valores cristãos sejam exemplificados através de nossas atitudes e testemunhos de vida. 


FELIZ NATAL

ZirleiDias


quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Mãe Mágica




Mãe tinha que ser mágica!!!

Mãe percebe.
Ela vê
mais do que isso: ela sente
às vezes ela não sabe traduzir,
mas ela sabe mais.
 Ela percebe.
Ela capta e isso a aborrece,
a inquieta.
Ela sabe se a nuance  que vem é
clara ou escura.

Mãe chora no chuveiro
Seca os olhos
E se faz forte.

Mãe ora no chuveiro,
Na rua,
Na madrugada...


Incansável,
a mãe sente as dores do filho.
Por já ter vivido.
Ter passado.
Ter sido o papel principal desse filme que hoje é coadjuvante

Mãe se embriaga com goles e goles de água para descer o engasgo
De não poder bater o martelo e dar um basta:

Um basta à incerteza
Ao ressentimento
A humilhação
A rejeição
A injustiça
Ao desamor
A ausência
...

Mãe chora, e quem olha vê esse choro travestido em sorriso.
Mãe que, estremecida,  afaga com a mão mais suave e segura.
Mãe fala bobagens pra parecer menos séria,
para quebrar o clima.
Mãe fecha os olhos e finge que adormece, para ocultar sofrimento.

Não é que mãe seja enganadora
Mãe faz qualquer coisa para ver a felicidade nos olhos do filho.

Por isso mãe tinha que ter magia.
Seria simples assim: uma mágica.


Ó Deus se tu pudesses atender esse pedido: Entregar uma varinha de condão pra cada mãe.

Mas quando mãe vê o olho de seu filho
como diamantes,
Ela gargalha.
A felicidade de seu filho acarinha seu coração
e a faz adormecer.
Adormecer e agradecer.


Zirlei Dias

segunda-feira, 1 de outubro de 2012


Dia internacional das pessoas idosas.


Bacana é se fosse um dia para comemorarmos. Mas vejo tanta discrepância no que se refere aos idosos. Começo perguntando: - Como esta o idoso que esta aí junto com  você?
Não estou falando se ele esta quietinho, bonitinho, no cantinho. Pergunto se ele esta VIVENDO. Ele tem conversado com você? Você tem dedicado parte de seu tempo para ouvi-lo. Sim ouvi-lo: suas ansiedades, seus desabafos, suas histórias, seus sonhos... Claro, porque idoso também sonha. Ou você não tem tido paciência pra isso? Por que ele é lento ou por que ele para no meio da frase para lembrar-se do que estava falando...
Quando ainda pequena, lembro quando meu avô chegava e começava a contar suas histórias repetidas vezes e um a um ia saindo da sala. Ficávamos nós dois o meu avô e eu. Ele contando suas histórias e seus desabafos que já ouvira inúmeras vezes. Mas tentava me colocar no lugar dele e ali ficava enquanto os outros se escondiam. Não que eu tenha algum mérito nisso, mas sempre me doeu  ao ver uma velhice em descaso,ou por mal tratos ou pelo pouco caso da família  que deveria se a primeira acariciar, amparar, amar, sem discriminar.
 Vejo pessoas idosas que estão como serviçais dos seus: cozinhando, lavando, suprindo em seus afazeres, inclusive financeiramente e ainda são tratados com aspereza. Quando essa seria a hora de ganharem tudo nas mãos. Vejo pessoas idosas esquecidas, sendo apenas mais um, às vezes nem isso. Como se não bastasse a dura realidade de suas histórias. Seus olhares me causam muita reflexão e dói esse sentimento de impotência.  A educação desse país deveria começar, por enaltecer, reverenciar nossos anciãos no trato respeito comunicação...
Lembrando ainda o ninho vazio – a falta do cônjuge – a falta dos filhos – a lembrança dos que se foram – os remédios caros – o descaso do  sistema de saúde ou de planos de saúde, principalmente nesta fase da vida. A dependência para ir e vir.
Hoje é dia Internacional dos idosos: nosso pais será de primeiro mundo quando aprendermos a cuidar de quem cuidou de nós.


ZirleiDias

domingo, 16 de setembro de 2012

Menu de hoje



Entrada:       A brisa leve
Prato principal:     Folhas verdes com picadinho de tempo
Sobremesa:     O suave aroma da chuva. 

Alguém me acompanha?

ZirleiDias

Desabafo!!

                    Numa boa, os carros de som deveriam ser proibidos. Esses que nos arrancam dos sonhos, de nosso descansar,  estupefatos e apreensivos.
                   Tem carro de som para vender pipoca, picolé, terra, abacaxi, produtos de limpeza, comercial de lojas e supermercados  Carros de som de propaganda política  (agora esta na época) . Já não basta o trânsito  barulhento que invade nossas janelas?
                   Nada contra  os trabalhadores  autônomos, muito pelo contrário. Mas e o nosso direito ao descanso, não conta?
                   Não tem hora, não tem dia, inclusive nos fins de semana. Trabalhadores que tem seu despertador matinal se esgoelando cotidianamente e nas horas de descanso são despertos pelo enloquecedor  barulho externo.
                   Isso sem contar os trabalhadores de turnos: enfermeiros, bombeiros, médicos, operários de diversas categorias que se revesam em turnos de trabalhos, tendo que dormir durante o dia.
Cadê meu direito de dormir e acordar com minhas próprias reflexões?
Cadê meu direito de assistir um filme, ler um livro sem ser perturbada?

Quero ouvir o barulho da chuva, o cantar dos pássaros, o balançar das árvores.
Ouvir o que conta o tempo.
Quero ouvir o silêncio.


ZirleiDias


sábado, 25 de agosto de 2012

Idosos!

video
A muito fico tentando entender o que leva um país tao lindo e grande a não dar importância maior aos nossos idosos, independente, se são nossos pais, tios, avós, conhecidos ou não.  Esses que em muitos países são chamados respeitosamente de anciãos, são valorizados, e muito valorizados pela sua bagagem de vida.
Não é admissível depois de percorrer, a maioria das fases da vida,uma pessoa por sua avançada idade seja considerada incapacitada para atividades, relacionamentos, sonhos, reflexões e decisões. Por serem mais lentos talvez. E daí. Nós um dia já fomos lentos: aprendendo a andar, a falar, a escrever...E um dia seremos novamente mais lentos. Faz parte do processo.
O que estamos ensinando para as novas gerações?
O que estamos mostrando a eles através de nossas atitudes?
Qual o tratamento que esperamos para quando chegarmos lá?
O que a família, a escola e a sociedade, juntas, podem fazer para reverter esse quadro lastimável?
Leia
Reflita.
Comece a mudança agora.
Converse com sua família.

Grande abraço
Zirlei Dias


           

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Todo ponto de vista depende da vista de um ponto

Qual o ponto certo?


A questão é bem simples: certeza, certeza, ninguém  tem, a menos que consiga enquadrar seu olhar com afinco nos diversos ângulos, ou nos vários pontos de vista existentes, oque é absolutamente impossível.
Cada um acredita no seu ponto de vista.
Tentar convencer o outro de que seu ponto de vista é o certo é pura ilusão e um grande gerador de desgaste.
Cada um enxerga através de suas experiências, educação, cultura, verdades, da bagagem que conciliamos com o nosso aprender, querer e sonhar.
Por mais que uma pessoa tente enxergar sobre o ponto de vista da outra, sempre haverão divergências, não necessariamente, colisão, mas divergências sim.
Verdades?
Minha verdade não significa que pra você seja uma inverdade, uma sonegação ou um ato falho. Podem existir mais verdades, de acordo com os olhares, (de quem olha, baseado em que olha, como olha...).
Entender, compreender, aceitar, respeitar. Não ao radicalismo. 
Os relacionamentos existem, com suas divergências, com olhares diferentes, com bagagens diferentes, com culturas diferentes.
Que graça seria se fossemos cordatos em tudo: submissão  de pais e filhos, de patrões e empregados, de professores e alunos...
O crescimento como ser humano se da na essência  do relacionamento, o amor. O que independe de seu ponto. Como crescer se não se expor?
Através da visão individual de cada um, respeitando o ponto de vista dos demais  é que se ganha autonomia em ser agente, sua própria história. E o Livre arbítrio toma o seu lugar.
O que você fará com toda essa leitura é liberdade unicamente tua. 

ZirleiDias

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Como posso repousar?

Se não me deram o passe livre
se não permite a sociedade
preocupadas com selos e celas.

Como posso repousar
 se o relógio teima em despertar
 se a multidão clama
chama
insana .

Como posso repousar
se o biológico aviva
mas a estrutura não habilita.

Como posso repousar
 se atitude cruza os braços
mas tem que comparecer,
 comparecer e aparecer

Preciso
Descansar, descansar e descansar.
Sem compromissos,
sem preenchimentos,
sem assinaturas.

Descansar, descansar  e descansar.
Sem regras,
sem horas,
sem declarações das pegadas.


Descansar, descansar e descansar.
Viver.
Respirar.
Sentir.
Se dar.

O tempo já contou seu tempo.
As horas já se cumpriram,
e o relógio não descansou.

Soa o sino e me vou,
sem entender,
sem compreender,
sem querer,
mas vou.

Cumprir.
Acabar.
Terminar.

São dois elos
nas pontas de uma corrente.

É preciso cumprir,
sem entender


Passa tempo.

Segura o tempo.

O que será?


ZirleiDias

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Vestes para o Tempo

Preciso providenciar um guarda roupa .

É, preciso que o tempo troque de roupa.
Roupas curtas.
Roupas longas.
Ah!!E pijamas.

Preciso providenciar um guarda roupa 
para o tempo.

Vou ter um lero lero
com ele.
Quem sabe assim ele facilite o meu querer.
Assim lhe abastecer de quesitos para comigo viver.

Preciso providenciar um guarda roupa .

Roupas curtas: para momentos de impaciência,
para a ansiedade, arbitrariedade.
Para não ter que aguardar na sala de espera.

Roupas longas: mais pomposas, glamourosas
cerimônia deslizando leve, muito leve.
Que permite toda a pompa 
Cumpre todo o rito.
Passageiro de trem de ferro, que observa da janela
e obedece o tempo do tempo.


E os pijamas cumprindo seu alvo,
seu conceito,
seu propósito.
Que permite mergulhar, 
sair de cena
sem reivindicar.
Dormitando tudo o que alcança.

É tempo...
...queria eu dispor de ti.
conquistar tua amizade.

Tempo
tempo
tempo.

Assim te vestiria
todas as manhãs...
...e em longas pausas
permaneceríamos, eu e tu
no aconchego dos sonhos.


Zirlei Dias



terça-feira, 26 de junho de 2012

Um ângulo oculto e
é dele que enxergo
hoje
é dele que percebo
 hoje
é dele que me percebo.

Entendi como cheguei aqui...
... o fato é que cheguei
e hoje sinto contentamentos descontentes
e descontentamentos contentes.
A vista é de cima
ou debaixo
não sei,
o angulo é oculto.

Essa etapa já foi,
mas me querem  ali.
 Eu já estou além,
e agora
se fundem os mundos 
e nessa ginástica
acrobática
embaça-se a visão
turva-se os pensamentos e 
navega a alma.

Não mexa.
Não movimente.
Não tire o mundo de lugar.
Não toquem-me.
Não sintam-me.

Os holofotes se apagaram.Chega.
Ficaram as estrelas.


É outra nave,
e outro rumo.
É outro ângulo.

Quero a quietude de meu pensar,
sem improvisar.
Quero a quietude de meu silêncio.

Zirlei Dias

sábado, 19 de maio de 2012

SER IDOSO



 

E chora a alma
Donde brota essa dor?,
Se não do descaso
Do seu saber.

Chora os poros.

Ou a vida
Que não enxerga

Barrado nas conversas
Úteis ou inúteis
Cheias de Amor
No supremo entendimento "humano"
Te aquieta
Fecha te a boca e cala-te
Engole o choro
Pune a ti mesmo
Para que as armadilhas não te machuquem mais.

Equilibra o coração
que te guiou por toda vida.
Amordaça os traços e trajetos
Se é o que te trouxe até aqui
Calo
Querendo afagar-acarinhar
Mas choro por dentro.

Não conheço a vida que busco
Ou que me resta buscar.
Não sei
Terei que aprender
Nascer de novo
Ao que não  estou pronta para morrer em mim.

Quero ver o que fiz
Viver o que pleiteio
Apaixonar-me
Rir
Observar
Maravilhar
Minha alma pulsa por dentro.


As rugas não me impedem de ser gente
De amar...

Talvez você não entenda
Mas é preciso ser
forte para se manter-se em pé
num país onde os  idosos
são apenas os que ocupam algum lugar.
Estão impedidos de pensar – de amar- compartilhar – viver.

...resta sobreviver.

Não !! Me nego a aceitar isso
Sou gente
Tem um coração que pulsa
E embora não tenha mais a agilidade e o vigor de antes
Faço parte do hoje

Sou idoso e meu pulso pulsa.

ZirleiDias

quarta-feira, 16 de maio de 2012

quinta-feira, 10 de maio de 2012

MÃE (DESNECESSÁRIA) - Marcia Neder


A boa mãe é aquela que vai se tornando desnecessária com o passar do tempo. Várias vezes ouvi de um amigo psicanalista essa frase, e ela sempre me soou estranha. Chegou a hora de reprimir de vez o impulso natural materno de querer colocar a cria embaixo da asa, protegida de todos os erros, tristezas e perigos. Uma batalha hercúlea, confesso. Quando começo a esmorecer na luta para controlar a super-mãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da frase, hoje absolutamente clara.
Se eu fiz o meu trabalho direito, tenho que me tornar desnecessária.
Antes que alguma mãe apressada me acuse de desamor, explico o que significa isso.
Ser “desnecessária” é não deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque vício e dependência nos filhos, como uma droga, a ponto de eles não conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes. Prontos para traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e cometer os próprios erros também. A cada fase da vida, vamos cortando e refazendo o cordão umbilical. A cada nova fase, uma nova perda é um novo ganho, para os dois lados, mãe e filho.
Porque o amor é um processo de libertação permanente e esse vínculo não pára de se transformar ao longo da vida. Até o dia em que os filhos se tornam adultos, constituem a própria família e recomeçam o ciclo. O que eles precisam é ter certeza de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço apertado, o conforto nas horas difíceis.
Pai e mãe - solidários - criam filhos para serem livres. Esse é o maior desafio e a principal missão.

Ao aprendermos a ser “desnecessários”, nos transformamos em porto seguro para quando eles decidirem atracar.






quarta-feira, 9 de maio de 2012

Viagem estrelada

                                                     Vou abrir minha janela, 
                                 vou subir pelas paredes, 
                                                                  vou correr no fio elétrico,
                           pegar carona com as nuvens;
                                                                      vou pular de galho em galho,
                                                    escalar sete montanhas, 
                                 atravessar a floresta
                                             no meio da noite escura;
                                                                                         planejar a minha rota, 
                                     desenhar o meu caminho, 
           descobrir o meu destino
                                                            no fundo do coração. 
                                 Depois vou seguir em frente
                                                                       na direção do horizonte,
                        companheiro da alegria,
                                                                                           do prazer e da esperança,
                                                       levando, na mão direita,
                            a força do meu calor, 
                                                                               e na outra,com cuidado,
                                                   um bocadinho de amor. 
                             Vou mais depressa que o tempo,
                                                                                                   vou varando a madrugada,
                                          não posso perder um dia
                                                                            nesta viagem estrelada.

Dezenove poemas desengonçados de Ricardo Azevedo p 55

quarta-feira, 18 de abril de 2012


Uma coisa é crer que há grande poder disponível na oração, mas outra coisa é praticá-la.”


 


(J. Oswald Sanders)

sexta-feira, 13 de abril de 2012


As Três Peneiras de Sócrates  

Um homem foi ao encontro de Sócrates levando ao filósofo uma informação que julgava de seu interesse:

- Quero contar-te uma coisa a respeito de um amigo teu!

- Espera um momento – disse Sócrates – Antes de contar-me, quero saber se fizeste passar essa informação pelas três peneiras.

- Três peneiras? Que queres dizer?

- Vamos peneirar aquilo que quer me dizer. Devemos sempre usar as três peneiras. Se não as conheces, presta bem atenção. A primeira é a peneira da VERDADE. Tens certeza de que isso que queres dizer-me é verdade?

- Bem, foi o que ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.

- A segunda peneira é a da BONDADE. Com certeza, deves ter passado a informação pela peneira da bondade. Ou não?

Envergonhado, o homem respondeu:

- Devo confessar que não.

- A terceira peneira é a da NECESSIDADE. Pensaste bem se é útil o que vieste falar a respeito do meu amigo?

- Útil? Na verdade, não.

- Então, disse-lhe o sábio, se o que queres contar-me não é verdadeiro, nem bom, nem útil, então é melhor que o guardes apenas para ti.







Simples assim!
Grande abraço
ZirleiDias

quinta-feira, 29 de março de 2012

 






Grupo de Crescimento/ Célula

O Grupo de crescimento ou célula deve ser algo edificante para quem é líder, para quem recebe, para os membros , bem como, para os visitante. Você deve ir ao grupo com o coração aberto, certo que é um instrumento de Deus.  Deve ter vontade de freqüentá-lo.
 O líder deve orar sempre pelo grupo, pelas pessoas que o compõe, para possibilitar a harmonia do mesmo e em especial para  ter discernimento e visão de detectar formas que possa acrescer na vida espiritual do grupo, as chamadas “estratégias de Deus”.
A família Filadélfia, da qual faço parte, é uma grande família e assim como toda família você não pode visitar todos ao mesmo tempo, não tem como você criar vínculo com todos, então você visita um pequeno grupo e com ele, certamente você terá mais entrosamento e afinidade.  Resumindo o  Grupo de Crescimento é uma pequena família dentro da grande família. Você deve compartilhar trocar experiências, aprofundar relacionamentos. Você cria  laços de amizades,  afetividade,  amor, comprometimento,  oração e de vida...
É o momento em que você tem para que a  semana se torne mais humana, mais suave, desfazendo-se das coisas que o impediram de ser melhor, adquirindo visão sobre outros pontos de vista  e acrescentando através de sua bagagem e das palavras  dos demais.
O Grupo estimula a prática da Palavra no dia a dia. Ajuda a cumprirmos com mais eficácia os Mandamentos de Deus. Um fortalece o outro e todos são fortalecidos pelo estudo e a Palavra.


Quebra gelo (dinâmica)


Ajuda a tirar as tensões do grupo, desinibindo as pessoas para o encontro.
Pode ser uma brincadeira onde as pessoas se movimentam e se descontraem.
Resgata e trabalha as experiências.
São recursos que quebram a seriedade do grupo e aproximam as pessoas.

A seguir você terá mais algumas sugestões de quebra gelos (dinâmicas) para aplicar em seu grupo:

Quem Levar?
Você ganha uma viagem para a Europa com direito a três acompanhantes.
Quem você levaria?
Por quê?
(Não pode ser pai, mãe e filhos)




                                        Conselho Importante:
                         
 Você precisa de um conselho urgente para tomar uma    decisão importante.
A quem você procurara? 
Por que?





 Manchete de Jornal
Faça a mesma pergunta para todos os membros do grupo:
 "Se você fosse aparecer como manche no jornal de amanhã, qual seria o título dessa manchete?"(Seja criativo!)










Cadeia Nacional
Se você tivesse oportunidade de falar uma mensagem na TV em cadeia nacional, o que você diria em 30 segundos.
 Fale para o grupo.


O Presente                        distribuindo alegria
Verifica-se o número de participantes e seleciona-se o mesmo número de qualidades para serem abordadas durante a dinâmica. Poderão ser introduzidas algumas que achar relevante dentro da situação e quem vive. A pretensão é que todos escolham uns aos outros durante a mesma, podendo acontecer de algum participante não ser escolhido.
O líder pode escolher como presente alguma guloseima como uma caixa de bombom com o mesmo número dos participantes, ou outro que possa ser distribuído por todos, no final da dinâmica. Este presente deve ser leve e de fácil manejo pois irá passar de mão em mão. Tente embrulhá-lo bem atrativamente com um papel bonito e brilhante para aumentar o interesse dos participantes em ganhá-lo.
Os participantes devem estar em círculo ou descontraidamente próximos.
O organizador com o presente nas mãos diz (exemplo): "Caros amigos, eu gostaria de aproveitar este momento para satisfazer um desejo que há muito venho querendo fazer. Eu queria presentear uma pessoa muito especial que durante o ano foi uma grande amiga e companheira e a quem eu amo muito". Abraça a pessoa e entrega o presente. Em seguida pede um pouquinho de silêncio e lê o parágrafo 1:
1. PARABÉNS: Você tem muita sorte. Foi premiado com este presente. Somente o amor e não o ódio é capaz de curar o mundo. Observe os amigos em torno e passe o presente que recebeu para quem você acha mais ALEGRE.
2. ALEGRIA! ALEGRIA! Hoje é festa, pessoas como você transmitem otimismo e alto astral. Parabéns, com sua alegria. Passe o presente a quem acha mais INTELIGENTE.
3. A inteligência nos foi dada por Deus. Parabéns por ter encontrado espaço para demonstrar esse talento, pois muitas pessoas são inteligentes e a sociedade, com seus bloqueios de desigualdade, impede que eles desenvolvam sua própria inteligência. Mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem lhe transmite PAZ.
4. O mundo inteiro clama por PAZ e você gratuitamente transmite esta tão grande riqueza. Parabéns! Você está fazendo falta às grandes potências do mundo, responsáveis por tantos conflitos entre a humanidade. Com muita Paz, passe o presente a quem você considera AMIGO.
5. Diz uma música popular que "amigo é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito, dentro do coração." Parabéns por ser amigo, mas o presente... Ainda não é seu. Passe-o a quem você considera DINÂMICO.
6. Dinamismo é fortaleza, coragem, compromisso e irradia energia. Seja sempre agente multiplicador de boas idéias e boas ações em seu meio. Parabéns! Mas passe o presente a quem acha mais SOLIDÁRIO.
7. Parabéns! Você prova ser continuador e seguidor dos ensinamentos de CRISTO. Solidariedade é de grande valor. Olhe para os amigos e passe o presente a quem você considera ELEGANTE (bonito, etc...)
8. Parabéns! Elegância (beleza, etc...) completa a criação humana e sua presença torna-se marcante, mas o presente ainda não será seu, passe-o a quem você acha mais OTIMISTA!
9. Otimista é aquele que sabe superar todos os obstáculos com alegria, esperando o melhor da vida e transmite aos outros a certeza de dias melhores. Parabéns por você ser uma pessoa otimista! É bom conviver com você, mas o presente ainda não será seu. Passe-o a quem você acha COMPETENTE!
10. Competentes são pessoas capazes de fazer bem todas as atividades a elas confiadas e em todos os empreendimentos são bem sucedidas, porque foram bem preparadas para a vida. Essas são pessoas competentes como você. Mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você considera CARIDOSO.
11. A caridade é como diz o Apóstolo Paulo aos Coríntios: "ainda que eu falasse a língua dos anjos, se não tivesse caridade sou como bronze que soa, mesmo que conhecesse todos os mistérios, toda a ciência, mesmo que tomasse a fé para transportar montanhas, se não tivesse caridade de nada valeria. A caridade é paciente, não busca seus próprios interesses e está sempre pronta ajudar, a socorrer. Tudo desculpa tudo crê, tudo suporta, tudo perdoa". Você que é assim tão perfeito na caridade, merece o presente. Mas mesmo assim, passe o presente a quem você acha PRESTATIVO.
12. Prestativo é aquele que serve a todos com boa vontade e está sempre pronto a qualquer sacrifício para servir. São pessoas agradáveis e todos se sentem bem em conviver. Você merece o presente. Mas ele ainda não é seu. Passe-o a quem você acha um ARTISTA.
13. Você que em o dom da Arte e sabe transformar tudo, dando beleza, luz, vida, harmonia a tudo que toca. Sabe suavizar e dar alegria a tudo o que faz. Admiramos você que é realmente um artista, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você acha que tem FÉ.
14. Fé é o dom que vem de Deus. Feliz de você que tem fé, pois com ela você suporta tudo, espera e confia porque sabe que Deus virá em socorro nas horas difíceis e poderá ser feliz. Diz o salmo 26 "O Senhor é a minha luz e minha salvação, de quem terei medo?". Se você acredita e espera tanto de Deus, sabe também esperar e ter fé nos homens, e na vida e assim ser feliz. Mas o presente ainda não é seu, pois você não precisa dele. Passe-o a quem você acha que tem o espírito de liderança.
15. Líderes são pessoas que sabem guiar, orientar e dirigir pessoas ou grupos, com capacidade, dinamismo e segurança. Junto de você que é líder sentimos seguros e confiamos em tudo o que você diz e resolve fazer. Confiamos muito em você, que é líder, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você acha mais JUSTO.
16. Ser justo é colaborar com a transformação da nossa sociedade. Mas já que você é muito justo, não vai querer o presente só para você. Abra e distribua com todos, desejando-lhes FELICIDADES!
E assim o presente é distribuído entre todos!!!


VERBO PROIBIDO:
Como seria a nossa vida se nós não tivéssemos o verbo para nos expressar?
 Vamos fazer uma experiência. Peça para cada pessoa do grupo dizer seu nome, o que mais gosta e fazer uma pergunta para a pessoa do seu lado.  Pode falar qualquer coisa, mas não pode usar nenhum verbo. Por exemplo: "Eu João. Família. Você alegre hoje?"(As pessoas conseguirão se comunicar, mas terão muita dificuldade).

Moral: Nossa vida seria muito difícil se nós não tivéssemos o verbo para nos expressar. Porque o verbo é o que dá sentido à nossa comunicação.

A Bíblia diz em João 1.1., que Jesus é o Verbo vivo de Deus. Sem ele a nossa vida é vazia e sem sentido.

Nomes e Virtudes                testando sua memória

Esse quebra-gelo é ótimo para célula que estão iniciando ou com muitos visitantes de primeira vez.
O líder pede para que cada pessoa do grupo se apresente, seguindo o sentido anti-horário.
Cada pessoa deve se apresentar dizendo o seu nome e uma virtude com a primeira letra do seu nome.
A Segunda deve falar o nome e a virtude da primeira pessoa e acrescentar mais a sua e assim sucessivamente.
Exemplo: 1a pessoa: Ricardo Responsável; 2a Pessoa: Ricardo Responsável e Marcos Maravilhoso. (obs.: Quando o nome da pessoa começar com Y ou W poderá adicionar um adjetivo que comece respectivamente com I e V).





Um ponto de vista               Vários pontos de vista 


        Você vai fazer uma viagem para um planeta muito distante, as condições meteorológicas e geográficas são: pouca água potável, muita chuva, muito frio, animais selvagens, solo formado por pedregulhos... Existem somente três (3) horas de luz solar por dia.

Você só poderá levar 10 itens dos apresentados abaixo:
1-            água potável
2-            guarda chuva
3-            roupa quente
4-            calção e bermuda
5-            faca
6-            fósforos
7-            lanterna
8-            enlatados
9-            sapato
10-      chinelo
11-      bota
12-      barraca
13-      colchão inflável
14-      vela
15-      repelente
16-      revólver
17-      xampu
18-      talheres
19-      açúcar
20-      travesseiro

a -Depois de distribuir uma folha para cada um, pedir para que
coloque seu nome ;
b - Peça também que relacione 10 itens, dos 20 sugeridos, para viagem;
c - Recolha as folhas (verifique se todos colocaram seus nomes)
d – Agora peça que o grupo todo (juntos de comum acordo), discutam e  faça a listagem dos 10 itens, dos 20 sugeridos.
e - Devolva a folha inicial para o respectivo dono que deverá ler e comparar com a elaborada pelo grande grupo.

Provavelmente, as respostas individuais, não coincidirão com as respostas do grande grupo.

Conclusão: Pensamos e agimos melhor quando compartilhamos, portanto valorize e participe mais de seu grupo.


INDIFERENÇA

Distribua uma folha de papel para cada participante e uma caixa de giz de cera.
Mande cada um fazer um desenho. Escolha o tema. Atribua o tempo de quinze minutos.
Todos irão buscar o melhor de si. Vão caprichar e tentar fazer o desenho mais
perfeito da face da terra, superando o do colega.
 Ao final do tempo, simplesmente recolha um por um, dê uma olhada, faça um suspense e jogue em uma lixeira ou
mande cada um amassar e jogar fora o seu desenho.

Observação: Você poderá ser massacrado, pois todos vão ficar atônitos, incapazes de aceitar o fato de que se desdobrarem no exercício da tarefa e ficar sem a sua atenção. Mas não é assim que fazemos quando não damos atenção devida a uma pessoa?
Aos colegas? Aos irmãos? Aos nossos filhos quando tentam nos mostrar algo e ficamos impassíveis?
 Por que vão querer tratamento diferente agora?

Perguntas: Apenas alguns questionamentos para os dias em que a Palavra tenha a tendência de se alongar.
1. Qual foi a melhor coisa que aconteceu na sua vida até agora?
2. O que você mais gosta na sua família?
3. O que você mais valoriza na vida?
4. Cite três qualidades suas.
5. O que gostaria de melhorar em si mesmo?
6. Qual é o seu maior sonho ou aspiração?
Um sonho
Uma esperança
Um medo
Uma alegria
Um defeito

Uma qualidade
Um lazer
Uma música



Para início de ano


1 -  Integração

O líder começa a narrativa de uma história e cada vez que mencionar as palavras:
PAZ – um aperto de mão
AMOR – bater palmas três vezes
SORRISO – uma gargalhada
BOAS-VINDAS- um abraço em todos os integrantes.

Os gestos devem ser rápidos para não atrapalhar o ritmo da narrativa.

História

Era uma vez uma pessoa chamada Amor.
Aquela pessoa chamada Amor sonhava sempre com a paz.
Certo dia descobriu que a vida só teria sentido quando ele encontrasse a paz.
E foi exatamente naquele dia que o Amor saiu à procura da paz.
Chegou ao local aonde ia todos os dias e encontrou os seus amigos com um sorriso nos lábios.
Então, Amor começou a perceber que o sorriso dos amigos comunicava paz.
E percebeu que a paz existe no intimo de cada pessoa e, para vê-la, basta aprender a dar um sorriso.
No mesmo instante, seus amigos perguntaram junto: Amor, ó Amor! Você sabe onde está a paz?
Ao que ele respondeu: Sim, encontrei a paz. Ela existe dentro de cada um de nós. Basta sabermos dar um sorriso.
Então, todos os que têm amor tragam a paz e o sorriso para cá.
E, assim, todos ouçam cada dizer: Boas- vindas!

  
O mesmo quebra gelo  com outra narrativa

Um pássaro: erguer a mão direita e fazê-la flutuar – imitando um pássaro no vôo.
Grupo de pássaros – ambas as mãos devem flutuar.
Um animal que não voe – ficar imóveis com as mãos sobre os joelhos.
Nas palavras, primavera, jardim ou natureza ficar em pé.

OPCIONAL – Quem errar sai da brincadeira.

Está manhã levantei-me cedo. O dia estava magnífico. O sol de primavera (em pé) animava toda natureza (em pé) e os pássaros (duas mãos)  cantavam sem cessar.
Ao abrir a janela do quarto, um pardal (mão direita), sem cerimônia, invadiu a casa, pondo o gato (mãos  no joelho) em polvorosa.
O papagaio (mão direita) que estava no jardim (em pé) de inverno irritou-se com a correria que se instalou nas  gaiolas. O pardal (mão direita) acabou saindo  pela janela de onde entrou, deixando o gato ( mãos nos joelhos) mais tranqüilo que foi brincar com o cachorro (mãos nos joelhos) já resignado com perda de seu pardal (mão direita) que planejava ter  para o café da manha. Sucessivamente acalmaram-se o papagaio (mão direita) e os canários (duas mãos). Continuando a contemplar a natureza (em pé), observei que se aproximou de um lindo vaso de flores m beija flor (mão direita). Ai  pensei comigo, vai começar tudo de novo. O gato (mãos nos joelhos) felizmente, nesta altura se mantinha concentrado brincando com o cachorro (mãos nos joelhos).




 
 O mesmo quebra gelo  com mais uma opção de narrativa

Menino preguiçoso

João – abraço
TV – aperto de mãos
Controle – gargalhada
Computador – dizer eu te amo

João,”Menino Preguiçoso” da Silva era fissurado por   TV e computador.
Um dia sentado em sua poltrona reclinável, com o controle remoto na mãos, teve uma idéia brilhante:  instalar aparelhos de TV e computador pela casa toda.
Além de ter uma TV e um computador na sala , instalou uma TV e um computador no quarto e naturalmente uma TV no banheiro. Até instalou uma pequena  TV em sua bicicleta. Vivia João com o controle na mão.
Ah! Para escola João também levava u ma pequenina TV, mas computador não levava porque, na escola tinha computador. 
Um dia João acordou e viu que não havia mais TV, nem computador em sua casa. Seu pai havia dado um sumiço em tudo, inclusive nos controles.
E agora João? 
Sem opção vai observar a vida real e deixar o computador e a TV para pequenos momentos ? É João a vida não é só computador e televisão. Você vai entender João, computador e televisão servem para acrescentar a qualidade de vida do ser humano, mas não para fazê-los escravos.
João,”Menino Preguiçoso” da Silva  finalmente entendeu, mas a televisão e o computador seu pai não devolveu.






                                                     com carinho

                                                      Zirlei Dias